A utilização de tecnologias no âmbito das Energias Limpas, ou seja eficiência energética e energias renováveis tem crescido enormemente nas últimas décadas.
Tecnologias, consideradas no passado como exóticas, estão agora disponíveis no mercado, representando alternativas economicamente viáveis aos sistemas baseados na utilização de combustíveis fósseis com todos os problemas associados, nomeadamente no que concerne à emissão de gases com efeito de estufa.

Noronha busca fonte energética mais limpa

O arquipélago de Fernando de Noronha está em busca de uma nova matriz energética, baseada em uma fonte ecologicamente limpa e renovável. As discussões sobre a nova alternativa começaram nesta terça-feira e estão a cargo de um grupo de trabalho instituído para este fim. A reunião ocorreu no auditório da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente (Sectma), e contou com palestras de especialistas em energias limpas.
A expectativa dos responsáveis pelo projeto é conseguir substituir, no maior percentual possível, a fonte térmica, que utiliza a queima de óleo diesel para a geração de energia e, por isso, é altamente poluente. A intenção é substituí-la por uma combinação de energia eólica, solar, do mar e de biomassa.
A proposta de solução deve ser apresentada no primeiro semestre deste ano. Atualmente Noronha consome cerca de 1.900 Kilowatts de energia, dos quais 93% são supridos pelo fornecimento de energia térmica e 7% por uma turbina eólica. Para tanto, são queimados diariamente oito mil litros diários de combustível. Estimativas dão conta de que a instalação de turbinas eólicas supririam cerca de 30% a 40% da energia consumida na ilha.
Fonte: PERNAMBUCO.COM

As últimas NOTÍCIAS sobre Energia Renovável